Nota do SINGEO-MG sobre a tragédia no rompimento da barragem de Brumadinho

Data 28/01/2019

Nota do SINGEO-MG sobre a tragédia no rompimento da barragem de Brumadinho

O Sindicato dos Geólogos de Minas Gerais – SINGEO-MG lamenta profundamente a tragédia ocorrida com a ruptura da barragem de rejeitos na Mina do Feijão da empresa Vale S.A, localizada em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte -MG.

Nesse momento, a Diretoria do SINGEO-MG se solidariza com aqueles que sofrem com a perda ou a incerteza sobre a situação de amigos e familiares. Desejamos condolência, assertividade e resiliência a todos que estão envolvidos nos trabalhos de resgate e atendimento às vítimas, assim como na busca de sobreviventes e contenção de danos.

O SINGEO-MG no uso de suas atribuições legais e técnicas, como entidade de classe representando Geólogos, Eng. Geólogos e Geólogos-Geotécnicos, coloca-se à disposição da sociedade para apoio técnico relacionado às barragens.

Destacamos que o SINGEO-MG irá envidar todos os esforços e recursos, no apoio e na busca do desenvolvimento e aplicação das melhores práticas para mitigação/erradicação dos riscos relacionados à segurança de barragens, em prol da sociedade.



Compartilhar: